Raio X Mormaii Natação

BETINA LORSCHEITTER

Quando e onde começou a nadar?
Comecei a nadar com 5 anos , numa academia pequena de Porto Alegre e logo depois fiz teste para entrar na equipe mirim do GNU. Pratiquei muitos esporte quando era criança, também participei e ganhei campeonatos no voleibol . Meus pais sempre acreditaram na importância do esporte como ferramenta de educação e socialização, além dos benefícios para a saúde desde a infância.

Em que momento percebeu que a Natação tinha chegado pra ficar, e por que?
Eu sempre gostei muito de nadar , da piscina e do mar. Tenho uma ligação muito forte com estes ambientes, as minhas primeiras lembranças são no verão na praia brincando com a minha irmã (gêmea). Me tornar atleta de natação foi algo muito natural e espontâneo porque sempre foi prazeroso pra mim. Eu fui evoluindo nos treinos e loga nas categorias de base tive destaque como campeã brasileira nas provas de 200m e 400m. O dia que eu me dei conta de que era isso que queria fazer, ser atleta profissional, foi quando venci meu primeiro campeonato brasileiro e bati o recorde da prova (400m) em 2004. Por coincidência o campeonato foi na piscina do corinthians/SP onde eu treino hoje e visto essa camisa com muito orgulho.

Clubes que já defendeu
Grêmio náutico união (1998 a 2004)
Grêmio náutico gaúcho (2005 a 2010)
Corinthians 2011
Flamengo 2012
Grêmio náutico união (2013 a 2018)
Corinthians 2019 até hoje

Já pensou em “jogar a toalha”? Por que?
Muitas vezes! A carreira de atleta é repleta de altos e baixos , desafios, fases difíceis e são nesses momentos que vem os grandes aprendizados. Eu acredito que é o universo te testando pra ver o quanto vc quer, o tamanho da sua força e coragem, e se está verdadeiramente disposto a “pagar o preço” de atingir o sucesso. Já tive muitos motivos para desistir e “pendurar o maio”, mas eu só enxerguei os motivos pra seguir em frente e continuar acreditando. Quero ser a melhor atleta que eu posso ser, enquanto eu ainda acreditar que ainda posso evoluir e melhorar meus tempos, vou seguir essa busca.

Em 2018 eu vivi uma fase muito difícil, desacreditada pelo meu ex clube e treinador na época , tive que superar isso e buscar alternativas para continuar acreditando nos meus sonhos. Poderia ter desistido, ficar chorando e colocar a culpa em muitas pessoas que realmente estavam me prejudicando, mas preferi focar nas soluções e tomei a decisão que hoje considero a melhor que já tomei na vida.. me mudei para São Paulo para treinar no corinthians com o técnico Paulo Augusto, voltei a fazer um treinamento para a piscina e logo nos primeiros meses melhorei meus tempos e subi ao pódio do campeonato absoluto Maria Lenk novamente. Importante eu destacar que em 2019 eu entrei para o programa de atleta de alto rendimento das forças armadas (PAAR) e o exército brasileiro contribuiu muito para a minha evolução dos últimos anos.

O que significa “Louco por ti Corinthians”?
Na minha opinião significa paixão. Agora que faço parte dessa nação, consigo entender a dimensão que o Corinthians tem e a força que move tantas pessoas. É muito bonito de ver e sentir essa energia.

O que significa pra Betina, Natação de Base?
A natação de base significa o futuro da modalidade. Não estamos falando só de formar os campeões e medalhistas olímpicos das próximas gerações e sim de colaborar para uma sociedade melhor. Crianças que praticam esporte aprendem muitas lições importantes e cultivam hábitos saudáveis. A geração de hoje está cada vez menos interessada no esporte e a pandemia com certeza agravou esse cenário. Prevejo uma diminuição crescente na base do esporte brasileiro se nada for feito de concreto nos próximos anos. Conversando com os treinadores da base de alguns clubes, os relatos são desesperadores. Em relação à natação feminina, é um dos objetivos da criação do Comitê Feminino da Nataçao Brasileira o incentivo e desenvolvimento de projetos para a natação de base.

Por último, fale sobre o PA.
Nos conhecemos em 2011 na minha primeira passagem pelo corinthians, mas não tivemos muito contato nessa época porque ele treinava o juvenil e eu estava na equipe principal. Depois acompanhei de longe o trabalho dele como Head coach e quando decidi sair do GNU foi a primeira pessoa que mandei mensagem. Era o perfil de treinador que eu procurava, com valores de caráter, dedicado ao trabalho, com paixão pela natação. Ao logo dos últimos anos fomos construindo uma sintonia muito forte de trabalho e uma amizade. Eu acredito que na relação de sucesso entre atleta e treinador deve existir muito respeito, confiança e admiração mútua.

Ele me ajuda a ser uma atleta melhor e uma pessoa melhor também, sempre incentivando a leitura, atividades culturais e de autoconhecimento. Ele é um ser humano e um profissional exemplar. Sou muito grata por nossos caminhos terem se encontrado e tenho certeza que a minha grande evolução desde 2019 é o reflexo dessa conexão e parceria. Durante a pandemia, por exemplo, eu treinei sozinha, mas nós estivemos em contato praticamente todos os dias, trocando Feedback dos treinos e buscando alternativas para seguir em frente. Compartilhamos do mesmo propósito: trabalhar para ser melhor a cada dia. É por isso que deu tão certo! E ainda tem muita coisa boa por vir!

BETINA POR “PA” Paulo Augusto, Treinador de Betina no Sport Clube Corinthians Paulista
Fala Indi
Tudo tranquilo?

Betina Lorscheitter = Profissionalismo + Propósito

Simples assim
Ela conseguiu encontrar o verdadeiro propósito da Betina Mulher com a Betina atleta

E sem dúvida nenhuma é disparada mas muito disparada mesmo, a atleta mais profissional que eu já trabalhei

Betina é uma das classificadas para os Jogos Olímpicos de Tokyo na prova dos 1.500m Nado Livre e Atleta Mormaii Natação

Alexandre Indiani
MORMAII Natação e Neoprene
Encontro Nacional de Técnicos de Natação
+55 11 98198-0088
@alexindiani
@encontro_tecnicos_de_natacao
Skipe a.s.indiani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *