Oclinhos, qual o melhor?!

Boas…

“OCLINHOS”!
Quando usei esta palavra tive que explicar para criançada (11 e 12 anos) que estou dando treino, que “oclinhos” nada mais é que óculos de natação…
99% deram risada e me disseram que “oclinhos” parecia algo que se fala para as “criancinhas”(menores de 12 anos acredito eu).

O fato é que realmente fica complicado acertar a compra do melhor oclinhos/óculos de natação.

Posso dizer que o meu primeiro, foi um AQUANAUT … Quando peguei na loja, entrei em desespero para chegar o mais rápido possível na piscina, e ao entrar na piscina, entrei em desespero para sair.

Ao colocar o rosto na água acredito que faltaram apenas os peixes para que eu tivesse dois “mini aquários” diante dos meus olhos. Tentei desesperadamente ajustar os mesmos.
Comecei pelo ajuste do nariz, depois fui para a tira de borracha, depois voltei para a piscina, e depois iniciei o processo novamente por mais algumas “ENTA” vezes, até que percebi que não tinha como.

Frustrado, continuei procurando incansavelmente por um … Em 1981, não existiam as tradicionais “barraquinhas” de materiais, e nem nas lojas especializadas de esporte era possível encontrar algo que prestasse.

Mas em um belo dia, entrei em uma loja de esportes num shopping de São Bernardo e quase cai de costas… Encontrei um “oclinhos” s….o “bolha” de cor verde. Pedi para ver o “danado”, e quando observei na peça do nariz a inscrição “MADE IN USA” quase morri…

Corri para minha Mãe e quase que de joelhos pedi para comprar … Minutos depois sai da loja mais feliz que o Michael Phelps depois dos oito ouros de Pequim .

O fato é de que hoje tudo realmente mudou, e as coisas ficaram mais fáceis de se encontrar. Posso assegurar de que hoje encontramos “oclinhos” para todos os tipos de rosto e gosto.

Para piscina, a maioria dos Atletas utilizam um para treino e outro para competição. O de treino geralmente é mais confortável, e por este motivo é que se consegue permanecer por umas duas horas com o mesmo no rosto; já os de competição por estarem visando performance, são extremamente hidrodinâmicos e não tão confortáveis como os de treino, mas pode-se facilmente aquecer (45 a 60minutos), e nadar qualquer prova entre 50 e 1,500 metros sem desespero para tirar imediatamente ao terminar a prova.

Acredito que para treinar, os “oclinhos” que tem maior quantidade de silicone no seu “frame”, são os de maior conforto, inclusive são mais “altos”(lentes ficam mais distantes dos olhos), já os de competição são mais “baixos”(lentes ficam bem próximas dos olhos).
Neste caso, se Você for como eu vai sentir um leve desconforto. Tenho os cílios muito longos, e por isso os mesmos ficam entrando em contato com as lentes quando pisco.

Na piscina, geralmente não vemos os praticantes usando “oclinhos” tão grandes como os que vemos nas provas de Águas Abertas/Maratonas Aquáticas. Isso se dá pelo fato da necessidade de visualização de pontos localizados a grandes distâncias durante a prova…
Em se tratando de provas em ambientes abertos, temos que levar em conta mais três fatores:
1) A possibilidade de tomar uma pancada no rosto; neste caso quanto mais maleável for o material melhor;
2) O campo de visão; neste item, não necessariamente “ele” deva parecer um par de TVs de 60 polegadas, mas geralmente um pouco maior que os utilizados em piscina;
3) A claridade no dia da prova. Dias ensolarados requer lentes mais escuras dos que os dias nublados; portanto a cor das lentes também podem gerar desconforto se não forem da coloração adequada.

Uma fato que não é tão recente assim, são os “oclinhos” com lentes corretivas, vulgo “de grau”…

Se não me falha a memória eles começaram a aparecer no mercado, do meio para o final dos anos 90, e sim, eles eram importados…

Hoje temos muitos modelos onde se é possível colocar as lentes com prescrição, facilitando e muito a vida dos que nadam com um “cão-guia” ao lado…

No meu caso, quando os placares eletrônicos apareceram no Brasil, ao final das provas tomava a liberdade de perguntar aos que nadavam na raia ao lado qual tinha sido o meu tempo pois via apenas oito faixas vermelhas na parede.

Agora os “X” das muitas várias questões.

Eu recomendo:
Para treinar em ambientes fechados, as lentes mais claras.
Caso a iluminação seja muito forte, utilize os com lentes mais escuras; principalmente se sofrer de “fotofobia”(A fotofobia é a sensibilidade ou intolerância à luz, podendo ser provocada pela luz natural ou artificial. Não é uma doença, mas sim um sintoma. Proporciona um grande desconforto nos olhos de quem sofre com essa condição.)

Ao treinar em ambientes abertos, procure os com lentes mais escuras, mesmo para os dias nublados.
Ao nadar durante a noite, procure ter um “oclinhos” transparente. Neste caso o conforto é grande, e as chances de errar uma virada diminuem bastante; caso tenha um nível alto de “fotofobia”, procure lentes um pouco mais escuras.

Nas provas de Águas abertas, dificilmente se utilizará as lentes transparentes…
Uma lente cinza, azul ou verde para os dias mais nublados irão ajudar bastante. Pode-se também utilizar as lentes amarelas ou laranja para realçar a claridade neste dias.

Se o seu caso pedir as lentes corretivas, procure saber em quais modelos elas podem ser colocadas, e experimente cada um deles, evitando assim um gasto desnecessário e que não lhe trará conforto.

Qualquer outra dúvida ou necessidade, veja a linha completa de óculos da Mormaii ou entre em contato; terei imenso prazer em lhes ajudar.

De “oclinhos” no rosto, agora é hora de saltar no meio líquido e iniciar com boas e revigorastes braçadas o seu treino ou aula…

Um forte e molhado abraço,
Indiani

Alexandre Indiani
#ENCONTRO NACIONAL de TÉCNICOS
#MORMAII NATAÇAO e WETSUIT
Skype a.s.indiani / USA +1 904-525 0644