The end, era uma vez

Tudo precisa terminar para recomeçar …

E lá vamos nós novamente;  estou eu aqui pronta para colocar em prática o que aprendi em 2020.

E olha que foram muitos ensinamentos e aprendizados.

Mas, será que dou conta? Será que conseguirei colocar meus sonhos em ação? 2020 foi tão delirante…

Tenho medo… Medo de não conseguir ir onde quero, medo de falhar e cair…

Mas ao mesmo tempo 2020 me ensinou a ser persistente,  resiliente e principalmente  a não desistir. Além do mais sei que se não me mexer nada vai mudar.

Einstein já escreveu: “loucura é esperar um resultado diferente fazendo a mesma coisa”

Então o que  quero fazer, e o que  já tentei e não deu certo?

Refletir ao olhar para trás e trazer aprendizagem, é a melhor maneira de se aprender.

Mas tem que ter curiosidade… tem que vasculhar o passado, remexer e observar atentamente…

Geralmente quando vasculhamos, encontramos o lixo, sentimos o mal cheiro, mas também vemos maravilhas, detalhes e cores esquecidas, tudo repentinamente aparece…

Então, o que devo levar para 2021 e o que eu devo deixar pois já não me pertence mais?

Qual o caminho que quero trilhar?

O que vai estar na minha mochila?

Quem eu quero ao meu lado?

Quem eu não quero ao meu lado?

Para começar alguma coisa precisamos terminar outra, caso contrário tudo continuará embolado e bagunçado.

Feche seu 2020 para o seu 2021 entrar.

Se não serve mais, doe, apague, retire, e só fique com o que realmente precisa.

Lembre-se estou falando de emoções, pensamentos, crenças e planos…

Comece 2021, mas lembre-se de realmente terminar seu 2020  eliminando todos os seus “se’s”….

Márcia Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *