Budapeste Swimming Fashion Week

Budapeste Swimming Fashion Week

Bom dia pra quem já completou alguns vários metros no meio Líquido…

Como todas as outras 5as, se Você ainda não o fez; “PREPARA… VAI!!!!! Já pra piscina completar a sua dose diária de saúde!

Me lembro de dois pares de meia (um amarelo e outro branco com 2 listras vinho), dois “oclinhos” (um azul claro e outro fumê), e duas sungas (uma preta e outra “ultra” colorida). Todo este material era guardado em um “saco” amarelo, e somente usado em competições importantes como os Campeonatos Paulista e Brasileiro…

 

Acredito que todos Nós tenhamos nossos acessórios para nos apresentarmos em alguma ocasião especial. Nestas ocasiões sempre “temos” que estarmos bem “trajados”, nosso melhor “oclinhos”, maiô e sungas impecáveis, um tênis “brilhando”, e o uniforme feito especialmente para o momento.

Penso que ao nos apresentarmos em um momento especial sempre queremos estar alem de no melhor da “forma”, vestidos e trajados como se fossemos à uma festa de “gala”.

 

Muito do que estamos assistindo durante este Campeonato Mundial, nos faz pensar como os Atletas tem mais um ponto pra pensar antes de nadar…

Hoje em dia (de uns 8 anos pra cá), se compararmos com os anos 70 e 80, é muito nítido que passamos de Natação “comum” para a de altíssimo nível.

CALMA!!!!
Este comentário não tem relação nenhuma com tempos ou até mesmo com os Atletas, mas sim com o esporte que mudou, evoluiu, e se reinventou.

Hoje temos os “trajes tecnológicos” que nas décadas passadas eram comparados aos maiôs e sungas de “papel”, as toucas de látex evoluíram para as de silicone, e agora elas passaram a ser chamadas de “capacete”. As de hoje são extremamente hidrodinâmicas e duras, geralmente colocadas a quatro mãos.

Os oclinhos sāo os itens que na minha opinião juntamente com os trajes, sāo os que mais se transformaram.
De algum tempo pra cá eles passaram a ser vendidos com modelos que se adaptam melhor em formatos diferentes de rosto. Hoje existem modelos específicos para o rosto asiático.

Passando para o “look” fora do meio liquido, temos o MP3 e Smartphone que substituíram o “walkman” e “discman”, os fones de ouvido então nem se fala…Nos fones de hoje conseguimos colocar até anuncio de outdoor se precisar.

Os uniformes cada vez mais coloridos e chamativos, são cuidadosamente desenhados para atender especificamente o clima do local, bem como a competição.
Mudam a toda hora.Cores e cortes diferentes, colocação de logos em locais estratégicos e tudo mais. Para entender melhor, na olimpíada de Pequim em 2008, a Italia teve seus uniformes desenhados por nada mais nada menos que Giorgio Armani.

E por falar em uniforme e outdoor, hoje conseguimos ver em alguns deles inúmeras marcas e locais “especiais”. Estes locais são os que apresentam melhor visibilidade, e os que acabam ficando quase que impossíveis de não aparecer durante uma entrevista.
Posso afirmar que existem dois locas de grande visibilidade que devem custar uma pequena fortuna. Um deles, são os ombros. Durante uma entrevista é muito difícil de fechar a imagem somente no rosto do Atleta. Fica esquisito, e acaba cortando o repórter; coisa que acaba não “rolando”.

O outro esta localizado exatamente na porção dianteira da touca capacete. Antes de nadar fica aparecendo por pelo menos 5 minutos, se for uma prova de borboleta, some todas as vezes que o mesmo respirar, e depois de finalizar a prova, ainda podemos visualizar por mais alguns segundos.

Seguindo o Sr Armani, temos a linha de produtos da nadadora Katinka Hosszu (IRON LADY devido ao fato dela sempre nadar um número grande de provas durante uma mesma competição), temos a linha do Michael Phelps, e existia a do Ryan Lochte que acabou logo depois do “pit stop” no posto de gasolina depois das olimpíadas.

 

O esporte de hoje se transformou em uma verdadeira vitrine de moda. Evoluímos em muitos aspectos, e os adereços com certeza são um dos principais ítens que se reinventaram.

A outra grande mudança foi a facilidade com que os Atletas conseguem adquirir estes produtos. Os sites das marcas disponibilizam praticamente tudo. Você só não encontra alguns produtos que são feitos exclusivamente para alguns eventos e Atletas; coisa que considero até rara de acontecer, mas acontece.

Que entrem as/os finalistas da próxima prova “ops”, vamos observar que na raia 4, a cor da touca não combina com os “oclinhos”, além disso, o fone de ouvido é um modelo de 2a linha… Que gafe!

Se precisarem de alguma dica de material, é só entrar em contato através do nosso site www.natacaomormaii.com.br, teremos grande prazer em tirar as suas duvidas!

Um forte e molhado abraço,
Indiani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *