Experiências e Vivências PARASOBRENATURAIS

Boas…

Neste feriado prolongado pude retornar à São Paulo para além de estar com a minha Família, poder conhecer (finalmente) o Centro Paralímpico onde em 2016 a Seleção Olímpica Brasileira “Convencional” fez sua aclimatação antes das Olimpíadas do Rio.

Encontrei muitos Humanos conhecidos, onde pude bater um papo e matar um pouco da saudade.

A “Chefe” na apresentação de toda a estrutura foi a grande Amiga Ana Paula Brandão do Grêmio Náutico União do RS… Andamos muito, vi muita coisa sensacional e presenciei treino de Tênis de Mesa, Atletas fazendo preparação física, campeonato de Hugby em cadeira de rodas, salas de Esgrima, dojô de Judo, piscinas de crioterapia e muitas outras coisas impressionantes… Fora isso um bom e revigorante “papo” com essa Mulher sensacional que é a Ana.

De cara vi Regiane Nunes… Regiane é deficiente visual e entre 2007 e 2010 pude aprender muito com Ela e seu Irmão Renato onde carinhosamente apelidei de Irmãos “GUETA”; sim exatamente GUETA de CEGUETA… Podem ficar calmos pois essa brincadeira que fiz com os dois não chega nem perto da maneira “sutil” que eles brincam entre eles.

Estes dois realmente mudaram completamente a minha visão e percepção sobre o real trabalho e função de um Treinador, sou muito grato por tudo que aprendi e principalmente pelos “alguns porcentos” em que acredito ter evoluído como Ser Humano.

Faz três anos que a Regiane perdeu completamente a visão e como ela mesma diz: “Estou reaprendendo a viver”… Mesmo sem enxergar ela terminou a faculdade de Nutrição e hoje atende seus clientes e acabou de criar um canal no FB para ensinar e contar as peculiaridades da vida de uma pessoa sem visão… Por ironia do destino (pois a H2O também esta presente) foi para a Paraolimpíada de Pequim na modalidade de Remo onde por centésimos não trouxeram a medalha de bronze.
Fiquei também muito contente em saber que hoje o Renato ocupa um cargo no setor de logística da NESTLÉ onde iniciou seu estagio ainda na faculdade de Engenharia FEI em São Bernardo…
Por mais de dois anos trabalhando em Barueri e residindo em Ribeirão Pires (região do Grande ABC), Renato percorre 200 quilômetros diários para cumprir as suas tarefas na empresa.

Logo depois encontrei a Suzana Schnarndorf uma Triatleta e Nadadora de destaque com alguns vários IronMan na bagagem, Susana tem uma doença rara que faz com que gradativamente seus músculos se atrofiem e seus órgãos também estão passando por um processo de degeneração.

Susana tem um brilho no olhar e uma determinação que se cada um de nós ditos “normais” tivéssemos, garanto que estaríamos em outro patamar… Participante de duas Paraolimpíadas, ela esta em busca de mais uma pro currículo; estou aqui na torcida por mais MUITA COISA.

Encontrei vários Treinadores que também fazem parte da minha historia… Professores “Mixirica”, Leo Tomasello, Felipe Silva e o Fisioterapeuta Everton Araujo a quem tive o prazer de trabalhar e dar uns treininhos “porretas”.

Foi tanta coisa boa que minha manhã de Quinta-Feira voou…

Depois de tudo isso, acabei indo no Domingo para a Represa Billings em São Bernardo do Campo onde a Psicologa Marcia Martins me apresentou para a Jessica Messali e seu Marido Jose Carlos Messali.

Jessica é Paratriatleta e foi fazer um treino na represa para testar seu novo wetsuit (não vou falar a marca pois não sou pago pela empresa… HAHAHAHAHA!!!! Quem adivinhar a marca ganha um pirulito…).

Conversamos um pouco e na sequencia fomos para H2O que estava 19o… Ela com seu novo wetsuit e eu de sunga pois ainda não tenho o meu (quem sabe agora chega…); foram três voltas de aproximadamente 750m e a Jessica me deu uma canseira animal.

Ela perdeu os movimentos das pernas após um acidente cinco anos atrás e encontrou no esporte um novo recomeço… Hoje é a melhor Paratriatleta do Brasil e esta entre as top 5 do Mundo.

Conversamos bastante depois da “nadadinha”, e a conversa ficou ainda melhor depois que a temperatura do meu corpo subiu novamente (segunda indireta pra eu ganhar o meu traje)…
Fique muito curioso sobre como o paratriatlon funciona, equipamentos, regras e tudo mais. Jessica me falou tudo e ainda pude presenciar a grande sinergia que existe entre o casal.

Depois de um final de semana prolongado com memórias maravilhosas, encontros históricos e papos de fazer qualquer um se emocionar, voltei ao mundo que de agora em diante não pode ter espaço para reclamações e “mimimis”…

Esses Humanos não são nem de perto Paratletas, eles são sim “PARASOBRENATURAIS…” eles sim são “GENTE QUE FAZ” e que podem inspirar muitos de nós em momentos difíceis… Em nenhum momento senti pena ou dó de absolutamente ninguém, até porque estes sentimentos não tem espaço por lá, mas senti uma gratidão e energia que realmente me movimentaram ainda mais “para o infinito e além…”
Sim já assisti ao TOY STORY 4…

Se tiverem a oportunidade de visitar e conhecer este espaço vale muito a pena, eu recomendo!

Um forte e molhado abraço,
Indiani

Alexandre Indiani
#ENCONTRO NACIONAL de TÉCNICOS
#MORMAII NATAÇÃO e WETSUIT
Skype a.s.indiani BRA +55 11 98198-0088 / USA +1 904-525 0644