Mundial de Natação… Zebras, Surpresas e muito treino

BOM DIA COM MUITA NATAÇÃO!!!!!

Poder acordar, treinar das 6:00 às 7:45, tomar uma rápida ducha e em seguida fazer o desjejum assistindo o melhor da Natação Mundial realmente transforma seu dia em algo sensacional.

Pra mim que amo, trabalho e vivo esta modalidade é surreal começar o dia assim!

Quem não tem acompanhado ainda restam três dias… Eliminatórias iniciando às 22:00 e as finas às 8:00 na TV por assinatura… Aquele que tem 3 canais… Tipo o “canal campeão…”

Se não conseguiu captar, é daquela rede de TV que esta promovendo aposentadoria em massa de apresentadores, repórteres, âncoras e dançarinas… +Q isso não tenho como dar mais dicas.

Agora a conversa é MUNDIAL DE ESPORTES AQUÁTICOS e ponto.

Sem polêmicas sobre premiações e doping, vamos falar das provas, da emoção e do que realmente faz do Esporte algo mágico e extremamente empolgante; as Estrelas que brilham, as que estão brilhando e as que com certeza brilharão em Tokyo… Até o dia de hoje já tivemos muitas surpresas e vimos não o surgimento mas sim a aparição de uma nova geração que vem sendo construída desde a última Olimpíada.

Provas como os 400m Livre Feminino, os 200m Borboleta Masculino, os 100m Costas Feminino, os 100m Borboleta feminino tiveram caras novas conquistando medalhas e nada mais nada menos que a de Ouro…

Vocês devem estar se perguntando o que aconteceu, assim com eu me perguntei em alguns momentos…
Se tenho resposta?!
Não, tenho algumas reflexões para juntos seguirmos com as expectativas para Tokyo 2020…

Muitos estão trabalhando firme para o ano que vem, alguns estão tentando uma melhor colocação para se posicionarem melhor no cenário mundial antes dos Jogos Olímpicos para buscarem melhores contratos, renovarem contratos vigentes com alguns % A+ e outros buscando fechar seu primeiro contrato…

Devemos lembrar que ali entre 89 e 94% são profissionais e dedicam praticamente entre 12 e 14 horas do seu dia para a rotina de treino que envolve o treino, a preparação fisica, a alimentação, a recuperação e um pouco de sociabilização… Este último ítem deve tomar cerca de 1% do tempo total ou provavelmente Você será atropelado por alguma “Zebra”…

Recordes mundiais já caíram, recordes de campeonato e recordes continentais também; uma chuva deles está desabando em Gwangju na Coréia… Resultado de muito trabalho, muito treino e com certeza de muito investimento por parte dos Países, inclusive do Brasil…

Nos 400m Livre feminino a “Terra dos Cangurus” mandou um knockout com Ariane Titmus de 18 anos na atual recordista mundial Katie Ledecky… O tempo para Ledecky foi muito fora do esperado, mas se bem conheço o pessoal do “Tio Sam” as coisas podem mudar muito no ano que vem…

A Hungria sempre surpreendendo com nadadoras e nadadores nas provas mais “casca grossa” que existem… Os 200m Borboleta ontem teve o Húngaro Kristof Milak de 19 anos batendo o recorde do lendário Phelps…

Na prova dos 100m Costas feminino a Canadense Kylie Masse desbancou a atual campeã mundial e medalha de prata no Rio 2016 Kathleen Baker também da terra do “Tio Sam”…

Os 100m Borboleta feminino, foi outra prova em que a surpresa foi enorme… A Canadense Margeret Macneil desbancou a recordista mundial Sarah Sjoestroem da Suécia e ao final da prova tivemos um momento muito bonito onde a Ex-Campeã levantou o braço da “Nova” Campeã… Esporte é isso…

Pra mim estes são exemplos claros de quem trabalha/treina e no dia certo faz a coisa certa…

Eu diria que Campeãs e Campeões não são eternos mas se eternizam quando enceram suas carreiras…

Tenho em minha memória Nadadoras e Nadadores que se eternizaram pra mim durante a minha carreira dentro da H2O e depois que comecei a trabalhar na modalidade. Muitos nomes do Brasil e do Mundo guardo até hoje com muito respeito, carinho e grandes lembranças…

Me lembro de assistir os 400m Medley de Los Angeles 1984 umas cem vezes pois tinha esperança de em algum momento ver o “Pradinho” passar o Alex Bowman do Canada nos metros finais… Pena pois isso nunca aconteceu…

Lembro também do Wladmir Salnikov se tornando o primeiro a baixar de 15 minutos os 1.500m Livre em Moskow 1980 e tantos outros que se transformaram em lendas… Sim, também tenho o Phelps, Cielo, Gabriela Silva, Fabiola Molina, Jorge Fernandes, Patricia Amorim, Adriana Pereira, Andre Fiore, José Geraldo, Debora Reis, os Irmãos Custodio e Wlad Ribeiro, Os Irmãos De Poli, Rogerio Romero, Debora Reis, Matt Biondi e mais uma centena delas e deles…

Todos estes nomes treinaram muuuuuuuuuuuito, dedicaram-se demaisssssssssssssss e passaram de “Zebras” e “Surpresas” para realidade em algum momento de suas carreiras…
O Esporte é isso: ganhar, treinar, perder, treinar + ainda, surpreender e continuar treinando ainda +…

Quem esta assistindo peço que continue a saudável rotina; quem ainda não assistiu, ligue a TV e fique maravilhado com este aperitivo para no ano que vem assistir o “prato principal” TOKYO 2020…

Aproveitem os últimos dias e continuem firme na rotina de treinos…

Um forte e molhado abraço,
Indiani

Alexandre Indiani
#ENCONTRO NACIONAL de TÉCNICOS
#MORMAII NATAÇÃO e WETSUIT
Skype a.s.indiani BRA +55 11 98198-0088 / USA +1 904-525 0644